Banner Topo 728 × 90

INSCREVA-SE NO MISS SITE 2019
random

Sem efetividade: Grêmio não consegue transformar posse em gol


Na tarde deste domingo (17), o Grêmio esbarrou novamente em um problema que vem encontrando recentemente: o pouco poderio de fogo ofensivo. O time consegue ter a bola, mas não transforma sua posse e seu domínio em gols. São apenas seis tentos marcados nas últimas oito partidas (cinco marcados de uma vez só, na goleada sobre o Sport).

Na derrota por 1 a 0 para a Chapecoense, por exemplo, o Imortal teve 70% de posse de bola, mas errou 40 passes - 16 a mais que o time de Santa Catarina. Já a pouca efetividade tem reflexo no número de finalizações: ao todo foram 17 remates no alvo, com apenas cinco indo em direção ao gol defendido por Jandrei. O time também errou 31 cruzamentos e 18 lançamentos.

E o fato pode ser explicado por dois motivos. Ou melhor, dois nomes: Pedro Rocha e Luan. O primeiro, vendido ao Spartak Moscou, era quem melhor infiltrava nas zagas adversárias com sua velocidade. Já o segundo, que é o principal jogador do Tricolor e que vem desfalcando a equipe, seja por estar servindo a seleção brasileira ou estar lesionado, é quem mais abre defesa com dribles, passes e inventabilidade. Sem seu criador mor e seu atacante mais vertical, Renato Portaluppi anda esbarrando em algumas barreiras. O que precisa ser corrigido rapidamente, mas também é natural de acontecer, visto o curto prazo de tempo que os fatos acima citados vêm acontecendo.

No lugar de Rocha, Fernandinho vem ganhando as oportunidades como titular e correspondendo. Perigoso, vem tendo sucesso na sua jogada preferida, que é a de um contra um com o zagueiro. Porém, ainda não tem a mesma eficiência do ex-companheiro por estar atuando sem esse atleta mais cerebral (Luan) e por não possuir as mesmas características. Ainda existe um período de adaptação. Já na vaga do camisa 7, Léo Moura vem recebendo chances, mas sua escolha é muito mais pela inteligência com a bola no pé do que propriamente por ter que desempenhar qualquer função que se aproxime da que o selecionável jogador cumpra.

Diante de um diagnóstico claro, resta a Portaluppi ter a sorte de Luan se recuperar o mais rapidamente possível para ver como funciona a dupla com Fernandinho. Com ele, o treinador passa a ter, inclusive, ainda mais variantes no esquema, já que, dependendo da circunstância do jogo, pode ter também Everton e Arroyo como opções ao lado do craque.

Diante do Botafogo, na próxima quarta-feira (20), onde o Grêmio precisa de uma vitória simples para avançar às semifinais da Libertadores, mais uma prova de fogo. Os cariocas são a melhor defesa da competição e se fecham muito bem. Se Luan voltar, alento. Se não voltar, alerta. É necessário que o Tricolor transforme suas posses em bolas na rede, buscando alternativas diferentes e sendo mais preciso em frente à meta. Qualidade para isso, existe.

A sequência de jogos do Grêmio:
Botafogo 1x0 Grêmio (Campeonato Brasileiro)

Grêmio 1x0 Cruzeiro (Copa do Brasil)

Grêmio 0x0 Atlético-PR (Campeonato Brasileiro)

Cruzeiro 1x0 Grêmio (Copa do Brasil)

Grêmio 5x0 Sport (Campeonato Brasileiro)

Vasco 1x0 Grêmio (Campeonato Brasileiro)

Botafogo 0x0 Grêmio (Libertadores)

Grêmio 0x1 Chapecoense (Campeonato Brasileiro)


Fonte: EI
Sem efetividade: Grêmio não consegue transformar posse em gol Reviewed by Portal Aporá News on 9/18/2017 10:30:00 AM Rating: 5
Todos os Direitos Reservados por Portal Aporá News © 2016 - 2018
Distribuído por Blogger, Projetado por Sweetheme

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.